Sociedade Plural: Notícias de Cachoeira, Notícias Recôncavo Baiano, Arte e Cultura Afro Brasileira...

Notícias de Cachoeira, Recôncavo Baiano e Cultura Afro Brasileira

Imagem: negro no poder
Imagem: Paulo Sérgio

Opinião

Fatos e Opinião
Imagem: instrumento médico

Pandemia da Covid-19

Noticias da Covid-19
Imagem: Segundo autor

Empregos

Empregos no Recôncavo

Cesta básica sobe em 13 das 17 capitais pesquisadas, informa Dieese

 Cesta básica sobe em 13 das 17 capitais pesquisadas, informa Dieese, cesta mais cara é a de Porto Alegre, que custa R$ 664,67


Imagem: Cesta básica sobe em 13 das 17 capitais pesquisadas, informa Dieese

O custo médio da cesta básica em agosto teve alta em 13 das 17 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O levantamento, divulgado hoje (8), mostra que os maiores aumentos foram em Campo Grande (3,48%), Belo Horizonte (2,45%) e Brasília (2,10%).

As quedas nos preços foram registradas em Aracaju (-6,56%), Curitiba (-3,12%), Fortaleza (-1,88%) e João Pessoa (-0,28%).

A cesta mais cara é a de Porto Alegre que custa R$ 664,67 e teve alta de 1,18 % em agosto. A de Florianópolis é a segunda mais cara (R$ 659), com elevação de 0,7% no mês. A de São Paulo ficou em R$ 650,50, com variação de 1,56%.

A cesta básica mais barata é a de Aracaju, no valor de R$ 456,40, seguida pela de Salvador (R$ 485,44) e de João Pessoa (R$ 490,93).

Em Brasília, a cesta básica acumula alta de 34,13% em relação a agosto de 2020 e custa, hoje, R$ 594,59. Na comparação com agosto do ano passado, o conjunto básico de alimentos teve elevação nos preços em todas as capitais pesquisadas.

Nos primeiros oito meses de 2021, a cesta básica teve aumento de 11,12% em Curitiba, o maior no período, com valor atual de R$ 600,47.

Produtos

Entre os produtos que ajudaram a puxar a alta no custo, está o café em pó que subiu em todas as capitais. A elevação chegou a 24,78% em Vitória. O açúcar teve alta em 16 capitais, com aumentos que ficaram em 10,54% em Florianópolis e 9,03% em Curitiba.

O litro do leite integral subiu em 14 capitais pesquisadas, com alta de 5,7% em Aracaju e de 2,41% em João Pessoa.

Fonte: Agência Brasil

Share:

Anúncio

Anúncio

Livro Racismo Estrutural - Silvio Almeida

Campanha: Doe Sangue, salve vidas!

Imagem: logo do EMOBA

Entre em contato através do telefone (71) 3116-5643, de segunda a sexta-fera, das 8h às 16h, ou envie um e-mail para horamarcada@hemoba.ba.gov.br.



Anúncio

Anúncio

Utilizamos Cookies

Utilizamos cookies para analisar o nosso tráfego. Ao navegar pelo nosso site você concorda com a Política de Privacidade.