Sociedade Plural: Notícias de Cachoeira, Notícias Recôncavo Baiano, Arte e Cultura Afro Brasileira...

Notícias de Cachoeira, Recôncavo Baiano e Cultura Afro Brasileira

Imagem: negro no poder
Imagem: Paulo Sérgio

Opinião

Fatos e Opinião
Imagem: instrumento médico

Pandemia da Covid-19

Noticias da Covid-19
Imagem: Segundo autor

Empregos

Empregos no Recôncavo

Exposição coletiva do 8ª Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger segue aberta

 Exposição coletiva do 8ª Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger segue aberta até 30 de janeiro de 2022 no Palacete das Artes

imagem: Exposição coletiva do 8ª Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger segue aberta


Segue aberta a exposição coletiva com os 15 ensaios selecionados para compor a 8ª edição do Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger, com visitação gratuita até 30 de janeiro de 2022, no Palacete das Artes, na Graça. A mostra tem curadoria de Eder Chiodetto, que também integrou a comissão de seleção do prêmio.
Carolina Krieger (SC), premiada na categoria Ancestralidade e Representação com o Projeto “Até que voo e pouso se reconheçam asa”, traz no seu ensaio uma reflexão sobre o autoconhecimento como uma possibilidade de potência heroica. Washington da Selva (MG), premiado na categoria Questões Históricas com o ensaio “Lastro”, apresenta uma pesquisa de imagens realizada em arquivos nacionais para rememorar o trabalho de seus familiares agricultores.
Hirosuke Kitamura, ganhador do prêmio Livre Temática e Técnica com o ensaio "Atração Gravitacional”, provoca o pensar sobre as tensões do corpo em ambientes tumultuados. O baiano Diego Sei, Prêmio Residência Artística, traz seu ensaio “Onde a casa começa”, realizado na ilha de Boipeba em comunidades tradicionais das famílias de origem afro-indígenas, buscando defender o reconhecimento e a demarcação do território de pescadores e marisqueiras tradicionais da Ilha de Boipeba.
Além dos premiados, estão na exposição os artistas fotógrafos Bauer Sá (Corpos, cadeira e luz), Lita Cerqueira (Bahia de Yayá´e Yoyô),  Vanessa Pataxó (Anemãvey Pataxó - Casamento Pataxó). Rodrigo Masina Pinheiro  e Ton Zaranza (Não leve flores), Renata Voss Chagas (Prova de Contato), Duo Paisagens moveis de Maria Vaz e Barbara Lissa (Quanto tempo dura uma tonelada), Paula Sampaio (Sob a pele ossos da memória), Anna Menezes (Corpos Sedimentados), Uiler Costa  (A cosmologia da maré baixa – Coroas), Adriano Machado (Estudos sobre natureza-morta) e André Lago (Caiporas).
Também está aberta, pelo mesmo período, a exposição "Homenagem ao Percurso", com fotografias de Arlete Soares, incluindo fotografias de Pierre Verger produzidas por ela, além de peças icônicas do Candomblé, muitas delas pertencentes à Pierre Verger e herdadas por Balbino Daniel de Paula, que hoje fazem parte do seu acervo pessoal e do Terreiro Ilê Axé Opô Aganju, localizado em Lauro de Freitas.

Fonte: http://www.cultura.ba.gov.br/

Share:

Anúncio

Anúncio

Livro Racismo Estrutural - Silvio Almeida

Campanha: Doe Sangue, salve vidas!

Imagem: logo do EMOBA

Entre em contato através do telefone (71) 3116-5643, de segunda a sexta-fera, das 8h às 16h, ou envie um e-mail para horamarcada@hemoba.ba.gov.br.



Anúncio

Anúncio

Utilizamos Cookies

Utilizamos cookies para analisar o nosso tráfego. Ao navegar pelo nosso site você concorda com a Política de Privacidade.