Sociedade Plural: Notícias de Cachoeira, Notícias Recôncavo Baiano, Arte e Cultura Afro Brasileira...

Notícias de Cachoeira, Recôncavo Baiano e Cultura Afro Brasileira

Imagem: negro no poder
Imagem: Paulo Sérgio

Opinião

Fatos e Opinião
Imagem: instrumento médico

Pandemia da Covid-19

Noticias da Covid-19
Imagem: Segundo autor

Empregos

Empregos no Recôncavo

Comunidade de artistas do pelourinho

        Pelourinho, centro histórico de Salvador


Foto do Pelourinho Salvador Bahia


Na década de 1980, o centro histórico de Salvador Bahia vivia um paradoxo, se de um lado a região estava com muitos prédios em péssimo estado de conservação e em ruínas, além da decadência dos prostíbulos  os artistas locais estavam voltados para o processo de criação, a arte naìf estava e  efervescência para organizar os diversos grupos de pessoas que compartilhavam os interesses em comum, depois de tarefa árdua foi criada a Associação dos Artistas Populares do Centro Histórico de Salvador, tendo como um dos principais criadores o pintor Val-Ba, curioso que nesta época os pintores tinham como costume de colocarem na composição dos seus nomes o sufixo (Ba), era a apresentação dos artistas desta comunidade ao país e ao mundo. A grande figura humana (Val-Ba), foi como era de esperar o primeiro presidente desta entidade, que acabara de ser fundada e tinha sua sede no Pelourinho, ao lado da imponente Igreja Nossa Senhora dos Homens Pretos. A associação dos artistas ao lado de um marco da resistência dos nossos antepassados, neste espaço físico podia comercializar os artesanatos, quadros e tinha espaço para outros tipos de eventos, para cada venda de trabalho deixado em consignação, pagavam os valores bem baixo dos praticados pelos comerciantes locais, conhecido como intermediários, para quem preferir “marchand”. Para o consumo de quadros e outros da produção artística local havia grande demanda. 

Share:

Anúncio

Anúncio

Livro Racismo Estrutural - Silvio Almeida

Campanha: Doe Sangue, salve vidas!

Imagem: logo do EMOBA

Entre em contato através do telefone (71) 3116-5643, de segunda a sexta-fera, das 8h às 16h, ou envie um e-mail para horamarcada@hemoba.ba.gov.br.



Anúncio

Anúncio

Utilizamos Cookies

Utilizamos cookies para analisar o nosso tráfego. Ao navegar pelo nosso site você concorda com a Política de Privacidade.